Respeito e valorização da diversidade religiosa

Respeito e valorização da diversidade religiosa
9 de Maio de 2018 Valeska Freman B. Freitas Silveira

Respeito e valorização da diversidade religiosa

Elaborado pela Profa. Valeska Freman B. Freitas Silveira

Classificação: Educação Infantil e Ensino Fundamental I

Justificativa

Cada vez mais precisamos nos comprometer em buscar desenvolver uma educação voltada para a valorização das diferenças. Saber reconhecer e respeitar a riqueza das diferenças sejam elas, na aparência, nos costumes, nas crenças, na cultura, deve ser uma grande experiência de encontro, de troca de conhecimento e jamais de discriminação ou intolerância. Contudo, o que deveria ser valorizado e admirado tem sido alvo de atitudes preconceituosas e discriminatórias. Ainda vivemos tempos de segregação e preconceito por conta da cor da pele, da descendência étnica ou opção religiosa. Nesse sentido, esse trabalho procura desenvolver, por meio de dinâmicas, análise de músicas, de leitura de imagens sobre as diferentes religiões e do artigo 18 da “Declaração dos Direitos Humanos”, uma postura de respeito e valorização das diferenças étnicas e religiosas. Acreditarmos que estas reflexões poderão propiciar a formação de alunos com posturas mais críticas e humanitárias, comprometidos com a construção de uma sociedade menos intolerante e mais democrática.

Objetivos

• Reconhecer a importância de conviver com a diferença.
• Respeitar e valorizar a diversidade religiosa
• Refletir sobre atitudes preconceituosas.
• Ler a realidade a partir de músicas, mapas, imagens e documentos “oficiais”.

CONTEÚDO

• Conviver com as diferenças
• Diversidade religiosa.
• Reflexão sobre preconceito e discriminação.

MATERIAIS

• Rolo de barbante
• Acesso o clip da música “Ninguém é igual a ninguém” – Milton Karam
• Projetor multimídia
• Cartolina
• Mapa mundi com as religiões
• Artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos
• Papel pardo e material para compor um mural: lápis de cor, canetas hidrocor, tesoura, cola

METODOLOGIA

Primeiro momento: Motivação

Apresente aos alunos o tema que será tratado: Saber respeitar as diferenças entre as pessoas. Perguntar o que eles acham do tema? Questionar se acham que as pessoas têm respeitado umas as outras? Pedir que citem exemplos de situações de respeito e de desrespeito que tenham vivido ou presenciado. Questionar por que existem pessoas que não respeitam as outras?

Segundo momento: Dinâmicas

Convide os alunos a sentarem em círculo para participarem da dinâmica  “cama de gato”. Explique a dinâmica. O aluno que estiver com o rolo de barbante deverá escolher um amigo e lançar o rolo para ele, o aluno que receber o rolo deverá falar o nome, a idade, o que mais gosta de fazer no tempo livre, se tiver religião falar qual, todos que forem pegando o rolo terão que segura o fio  e irem passando  o rolo para o  outro amigo e assim por diante. Depois que todos estiverem segurando a linha do barbante, reflita com a turma sobre o que os alunos falaram sobre si, quais as semelhanças entre eles, quais as diferenças, o que os une; discutir a diferença entre o fio do barbante sozinho e a “cama de gato”. Problematizar como todos temos muitas diferenças físicas, religiosas, preferências, mas temos também muitas semelhanças principalmente com relação aos sentimentos.

Para finalizar dinâmica assista com os alunos o clip da música: “Ninguém é igual a ninguém” – Milton Karam. Ensaie a música, trabalhe com a letra.

Conversar com os alunos sobre o clip: O que mais gostaram do clip? Se veem alguma relação entre a música e a dinâmica da “cama de gato”? Quais? Se, identificaram-se com alguma criança do clip? Quais as diferenças que aparecem? (chamar atenção para as diferenças religiosas) Quais gostariam de incluir?

Registre as falas dos alunos em uma cartolina, deixando-a em exposição na sala.

Terceiro momento: Diversidade Religiosa

Ampliando a visão da realidade: Projete ou leve impresso (cartaz) um mapa Mundi em que estão localizadas algumas religiões do mundo. Explore o mapa com os alunos: localize onde estamos situados, quais religiões aparecem, em quais continentes, países, quais as religiões que mais aparecem no mapa, reflita sobre as situações de intolerância religiosa, enfatize a ideia da diversidade religiosa.

Apresente para os alunos o artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Relacione diversidade religiosa apresentada no mapa Mundi com o artigo 18.

Artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos: “Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência, religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular”.

Sistematize: Proponha uma pesquisa de imagens que expresse as religiões que aparecem no mapa Mundi, poderão ser incluídas outras religiões que não estão no mapa , mas que seja importante para os alunos.

Para isso divida a sala em grupos. Cada grupo se responsabilizará por trazer imagens que mostrem sobre a religião sorteada: símbolos, templo sagrado, vestuário, celebrações, líder religioso, pessoas que seguem a religião.

No retorno da pesquisa: Construa com a turma um grande mural com o título: A beleza da diversidade religiosa.

Depois de pronto, deixe que observem o cartaz por alguns instantes e depois converse com os alunos sobre a riqueza e a beleza da diversidade religiosa e o quanto é importante respeitarmos a religião uns aos outros e aqueles que também não têm religião.

Sites

www.metasocial.org.br
www.nacoesunidas.org
www.dhnet.org.br
www.sdh.gov.br